Rosas de Sangue
as ruas mais belas são feitas de pedras
ver fotos
ver vídeo
ver vídeo
fechar
ver fotos
fechar
Rosas de Sangue
as ruas mais belas são feitas de pedras
Teatro | Out/2015 | M/14 anos | 60 min.
Sinopse
"Rosas de sangue" é uma espécie de documentário teatral ficcionado onde quatro mulheres partilham as histórias dramáticas de medo e terror a que foram sujeitas. Três dessas mulheres comeram crimes na sequência das violentas agressões exercidas pelos seus ex-companheiros.

Elas libertaram-se dos actos de violência e não escondem o que viveram e fizeram. As suas palavras e acções provocam-nos uma empatia e um conflito de sentimentos, muitas vezes contraditórios, outras vezes apaixonantes.

Submersas, emotivas e verdadeiras, elas experienciaram impulsos de grande intensidade, de revolta, que marcaram os seus destinos.

Elas são as rosas, os espinhos são as marcas que trazem tatuadas no corpo, o sangue as suas memórias, as memórias que não podem esquecer, são rosas de sangue.
ficha artística e técnica
Interpretação (por ordem de entrada)
Isabel Feliciano
Glória de Sousa
Paula Rios
Anabela Nóbrega


Texto, encenação e espaço cénico Fábio Timor
Desenho de luz e sonoplastia criação colectiva
Figurinos Isabel Feliciano
Fotografia (comunicação e registo) Catarina Lima
Grafismo Paulo Araújo

Apoio à produção
Município de Vila Real
Teatro de Vila Real

Agradecimentos
APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, Club de Vila Real, Osvaldo Martins e Telma Ferreira.
Sobre a encenação
O espectáculo assume uma dinâmica cénica própria, transportando-nos para o ambiente de uma prisão, passando por um gabinete, por uma cela, um pátio e uma lavandaria.

O jogo cénico não é convencional, definindo uma cronologia própria, como um puzzle de episódios teatrais, numa linguagem realista, em que todas as cenas podem ser reordenadas segundo a sensibilidade de cada espectador.

Neste jogo cénico, os tempos e os espaços diferentes coexistem no presente, no momento do acto de representação, dando relevância à iluminação, que se assume como um elemento fundamental em toda a encenação, ajudada pelo ambiente sonoro sugestivo.

Ao longo de 60 minutos, as quatro actrizes conduzem-nos para um universo de profunda cumplicidade e empatia, ora dramático, ora poético, e em muitas situações elevando os sorrisos no rosto de quem acredita que aquelas mulheres são hoje livres e que sempre sonharam serem felizes.
Sobre o tema

"Rosas de Sangue" é um espectáculo que aborda a violência exercida sobre as mulheres, com destaque para a violência doméstica e no namoro.

Não sendo uma tese académica sobre a violência doméstica, o espectáculo inspira-se em depoimentos reais, e outros analisados por especialistas na matéria, tendo contado com o apoio e experiência de técnicos da Associação de Apoio à Vítima (APAV).

"Rosas de Sangue" assume-se também como uma obra pedagógica direccionada aos jovens maiores de 12 anos, levando-os a questionar comportamentos culturais e sociais que ainda dominam a nossa sociedade.

No fundo, o espectáculo pretende analisar e perceber como as ex-vítimas de situações de violência doméstica lidam com as memórias dos episódios a que foram sujeitas. E por outro lado, pretende descodificar e desvendar os indícios que cada um de nós – em particular os jovens –, pode detectar comportamentos ou actos de risco que nos conduzem à violência física e psicológica.

Inserido no projecto "Violência? Não obrigado", reconhecido pela Associação Nacional de Municípios Portugueses no ano de 2014 como uma iniciativa de qualidade no contributo para a sensibilização sobre a problemática da violência doméstica, este projecto foi desenvolvido no concelho de Vila Real, em parceria com o Município de Vila Real, tendo merecido o apoio da Fundação Rotária Portuguesa e o envolvimento directo da APAV, e de várias escolas do concelho de Vila Real.
Urze Teatro
Largo vilarealense, n°20-A,
5000-648 Vila Real, Portugal

Tlf. [direcção]: (+351) 930 450 790
Tlf. [produção]: (+351) 934 293 391
correio electrónico: urzeteatro@outlook.com
Outros sítios na internet
Para receber notícias da Urze, envie um correio electrónico para urzeteatro@outlook.com, com o assunto: Quero receber notícias da Urze Teatro.
Apoio e financiamento principal
Municípios parceiros
Apoios privados
Apoios à produção
Agradecimentos especiais