Rosas de Sangue

Texto e encenação Fábio Timor

Maiores de 14 anos

“As ruas mais belas são feitas de pedras”
Sinopse

"Rosas de sangue" é uma espécie de documentário teatral ficcionado onde quatro mulheres partilham as histórias dramáticas de medo e terror a que foram sujeitas. Três dessas mulheres comeram crimes na sequência das violentas agressões exercidas pelos seus ex-companheiros.

Elas libertaram-se dos actos de violência e não escondem o que viveram e fizeram. As suas palavras e acções provocam-nos uma empatia e um conflito de sentimentos, muitas vezes contraditórios, outras vezes apaixonantes.

Submersas, emotivas e verdadeiras, elas experienciaram impulsos de grande intensidade, de revolta, que marcaram os seus destinos.

Elas são as rosas, os espinhos são as marcas que trazem tatuadas no corpo, o sangue as suas memórias, as memórias que não podem esquecer, são rosas de sangue.

Ficha do espectáculo
Texto e encenação Fábio Timor

Interpretação Anabela Nóbrega, Glória de Sousa, Isabel Feliciano e Paula Rios

Espaço cénico e Desenho de luz Fábio Timor
Sonoplastia Criação colectiva
Figurinos Isabel Feliciano
Fotografia promocionais Catarina Lima
Grafismo promocional Paulo Araújo

Classificação: Maiores de 14 anos

Duração: 60 minutos

Data de estreia: 22 de Outubro de 2015

Local de estreia: Teatro Municipal de Vila Real

Agradecimentos: Club de Vila Real; Osvaldo Martins; Telma Ferreira

Contactos

Morada

Teatro de Bolso, Avenida Aureliano Barrigas, Lt. 3, R/C Esq., 5000-413 Vila Real, Portugal

Contactos telefónicos

Geral: 259 044 684

Produção: 933 787 459

Direcção: 930 450 790

Sítios na internet

Boletim de informação

Subscreve o nosso boletim de informação e recebe notícias nossas no correio electrónico.

Apoio principal

Apoio à programação

Apoio à produção

A política de privacidade, termos e condições da Urze Teatro

Urze Teatro © 2000-2024

Página criada por ÍNDICE, Lda